“Extremamente positiva”: balanço da primeira metade do AIAF

“As consciências despertam e se reúnem, a dinâmica global do AIAF demonstra isso.” Essa frase fecha o balanço do primeiro semestre do Ano Internacional da Agricultura Familiar.
No relatório divulgado recentemente, é feito um balanço “extremamente positivo”, possível graças aos esforços notáveis da sociedade civil, “que se organizou de forma admirável com o objetivo de reivindicar os direitos de um coletivo muito importante da população: os homens e as mulheres agricultores familiares”, sublinha o documento.

Nesse sentido, reforça que as organizações da sociedade civil não só interpelaram seus respectivos governos, mas em muitas ocasiões os convidaram a fazer parte desse movimento, integrando-se aos comitês nacionais.

Algumas organizações internacionais e centros de pesquisa também se somaram a essas plataformas de impulso à agricultura familiar. Até agora, são mais de 600 entidades diferentes (organizações camponesas, ONGs, ministérios, organizações internacionais e academias) que se organizaram em nível nacional para constituir no total cerca de 60 comitês nos cinco continentes, informa o relatório

Veja o documento aqui

Copyright © 2014 :: Programa FIDA.MERCOSUR.CLAEH :: Todos los derechos reservados